Receita de Pão Caseiro

Quando estive na casa da Nadja, em Plymouth, fiz três receitas: pavê de ovomaltine, coxinha de frango e pão. Ao contrário das duas primeiras, que já estavam prometidas desde o Brasil, o pão foi literalmente de última hora, pois fiz no nosso último dia lá. E como prometi a receita, resolvi postar aqui e compartilhar com todo mundo. Lá vai:

Ingredientes:

400ml de leite morno

3 ovos

1 envelope de fermento biológico seco

2 colheres de sopa de açúcar

1 colher de sopa de sal

3 colheres de margarina em temperatura ambiente

1kg de farinha de trigo (aproximadamente)

Modo de Preparo:

Em uma tigela ou bacia misture o leite, os ovos, o fermento, o açúcar, o sal e a margarina. Acrescente a farinha aos poucos, misturando sempre. Quando estiver firme demais para continuar mexendo com uma colher, despeje a massa em uma superfície limpa e amasse com as mãos, acrescentando farinha até que a massa pare de grudar. Continue sovando a massa por 3 a 5 minutos ou até que ela fique bem lisa.

Deixe descansar até dobrar de tamanho, o que pode levar de 30 a 60 minutos, dependendo da temperatura ambiente.

A minha ficou assim:

20131106-104707.jpg

Sove a massa por cerca de 5 minutos e então divida em três partes iguais. Faça um rolo com uma das partes, para que fique assim:

20131106-110203.jpg

Com o rolo de macarrão (ou uma garrafa lisa e limpa) estique a massa até ficar relativamente fina e enrole. Se esticar demais, ela vai rasgar na hora de enrolar os pães. Você pode modelar do jeito que preferir. Eu enrolei as três partes da massa e obtive três pães:

20131106-112015.jpg

Deixe descansar até dobrar de tamanho novamente (e não repare no estado sofrível da minha assadeira rs).

20131106-112923.jpg

Quando dobrar de tamanho, asse em forno médio (não precisa ser pré-aquecido). Eu, normalmente, não abro o forno antes de 20 minutos. Quando estiver dourado, vire os pães de lado e você já terá uma ideia se já está completamente assado ou não. No meu forno a saída do gás é embaixo, então quando está dourado por cima eu viro apenas por desencargo de consciência e desligo o forno, deixando o pão lá dentro por mais um tempinho.

Se o seu forno for como o da Nadja, com a saída de gás na parte do fundo, pode ser que ao virar você veja que ainda não está totalmente assado, então deixe até dourar a parte de baixo também. Eu checava de 10 em 10 minutos pra não correr o risco de queimar. No final, pães lindos e gostosos assim:

20131106-114742.jpg

* Vocês devem ter reparado que os meus pães estão pintadinhos. Isso é porque eu usei uma parte de farinha integral na massa. O “problema” do pão integral caseiro é que quanto mais farinha integral você colocar, mais duro ele fica depois de assado e menos ele cresce. Por isso se recomenda usar metade de farinha integral e metade de farinha branca no preparo. Também é possível incrementar com outras fibras como linhaça, chia, aveia, farelo de trigo, centeio, gergelin, etc.

* É sempre bom lembrar que o corpo absorve melhor os nutrientes da farinha das sementes de linhaça e gergelim, por exemplo. Nem sempre processamos as sementes da mesma forma.

* A mesma receita pode ser feita com água no lugar de leite. Eu prefiro com leite 🙂

* Quanto mais você sovar a massa, mais macio o pão fica, então aproveite pra exercitar os bíceps 😉

Anúncios