Pra conhecer: Foz do Iguaçu parte III

O outro passeio mais-mais de Foz é o Parque Nacional do Iguaçu onde estão as Catararas do Iguaçu.

A visitação é possível tanto do lado brasileiro quanto do lado argentino. Vantagens? Os dois lados têm. Vamos às minhas impressões.

Começamos pelo lado argentino, pois é um passeio de dia inteiro. Fomos logo cedo (com van acertada com um representante da agência de viagens no próprio hotel), trocamos reais por pesos no caminho (o lado argentino não aceita dólar ou real!) e aguardamos ansiosamente a chegada.

Após uma breve viagem de cerca de 30 minutos, fomos deixados na entrada do Parque Nacional Iguazú, que é bem bonita.

O passeio começa com um circuito chamado “Trem Ecológico da Selva” que deixa o visitante em estações próximas à entrada das trilhas que levam às cataratas.

Ponto baixo dessa parte? A narração dentro do trem é feita apenas em Inglês e Espanhol. Consideração zero para com o turista brasileiro (e também os demais estrangeiros que falam português, é claro).

A parte mais triste? Não é só no trem que os falantes do português são deixados de lado: por todo o parque espalham-se placas de orientação/identificação somente em inglês/espanhol.

Bem… o passeio dura o dia todo porque a parte argentina do parque é muito maior do que a brasileira. Do lado argentino se tem acesso a praticamente todas as quedas d’água que formam o conjunto Cataratas do Iguaçu. É por esse lado que você consegue passar bem pertinho das quedas menores, praticamente em frente delas…

Leve protetor solar, repelente e vá com calçado/roupas confortáveis, principalmente se estiver com crianças.

Quanto à alimentação, recomendo levar um lanche por conta própria. Os motivos?

Bem, não cheguei a provar o restaurante mas as lanchonetes que se encontram no início das trilhas não são nada recomendáveis, a não ser pela venda da coca-cola. O pão tinha cara de estar dormindo a pelo menos uns 3 dias e o recheio (de presunto e queijo, supostamente) era pífio. O preço então nem se fale….

Ah, aproveitando o momento desabafo… rsrsrsrs… a moeda lá é 1×1. Juro! Nunca vi isso… não existe câmbio… simplesmente, se quiser comprar, é 1 real por 1 peso.

E, pra finalizar o momento #badgirl: a entrada também não é vendida em real ou dólar, apenas em peso embora lá dentro aceite-se as outras moedas.

Mais tarde faço um update com mais fotos porque é lindo e vale muito a pena, apesar de tudo. 😉

P.S. O lado brasileiro fica para o próximo post.

Anúncios

Um comentário sobre “Pra conhecer: Foz do Iguaçu parte III

  1. Visitei essa região maravilhosa em 09.06.11 e pretendo voltar em breve…; são lembranças para a vida inteira…
    Só não visitei a hidrelétrica de Itaipu devido ao impacto social e ambiental que causou na região…
    Saludos Cordiales…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s